Não escuto. E agora? Quais minhas opções?

Junte-se

Agora que você percebeu que não está escutando, chegou o momento de ser examinado por um especialista. No caso, o médico otorrinolaringologista (especialista em ouvidos, nariz e garganta) é o profissional capacitado para avaliar o que está acontecendo e indicar o tratamento mais adequado.

Estes tratamentos podem variar desde a retirada de cera dos ouvidos ( sim! É verdade! Já aconteceu com vários pacientes meus! E resolveu!) uso de medicamentos , indicação de cirurgias e muitas vezes o uso de aparelhos auditivos.

#ficadica: Se você não se sentiu confortável ou confiante com o diagnóstico e tratamento sugerido, procure uma segunda e até uma terceira opinião. Afinal de contas, o maior interessado em encontrar a melhor solução para seu problema é você, certo?

 

Se a indicação médica for de uso de aparelho auditivo, procure uma fonoaudióloga especializada em adaptação de aparelhos auditivos (consultório) ou centro auditivo (loja) para iniciar o processo de teste. Qual a diferença entre os dois? De maneira geral, a diferença principal é que a fonoaudióloga especializada cobrará consulta e no centro auditivo haverá uma fonoaudióloga especializada funcionária da loja à sua disposição. Algumas fonoaudiólogas ou lojas comercializam mais de uma marca no mesmo local. Existem várias marcas e tecnologias diferenciadas para cada tipo de perda auditiva.

 

#ficadica: costumo dizer que 50% do sucesso da adaptação é responsabilidade da marca e procedência  do aparelho auditivo e os outros 50% da fonoaudióloga. Sim … dela mesmo!!! Ela será a responsável pela escolha do modelo, potência e o mais importante… REGULAGEM!!! Portanto, você deve escolher muito bem… pois a compra do aparelho é praticamente um casamento!  🙂

Leia o post Como escolher o melhor aparelho auditivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *