Como conversar com alguém que usa aparelho auditivo?

conversa2

Essa semana recebi um email muito bacana de uma professora preocupada com os alunos usuários de aparelhos auditivos e que são oralizados, ou seja, que usam a fala como meio de comunicação.

As dicas que vou apresentar aqui são baseadas em alguns anos de experiência com pacientes e uma pesquisinha básica na internet é claro ( #aprendendosempre) …

Antes de tudo, gosto de deixar alguns pontos bem claros para meus pacientes…

  •  Aparelho auditivo não é um ouvido novo – pode ser meio óbvio escrever isso mas sempre reforço essa mensagem. Por mais cara e sofisticada que seja uma prótese auditiva,  ela nunca substituirá nossa milagrosa natureza, ou seja, um ouvido normal sempre será melhor que um com aparelho auditivo na maioria das situações. Mas como assim nas maioria das situações? Então há situações em que ouvir com aparelho auditivo é melhor que ter audição normal? Sim! Mas temos que considerar várias coisas: o ambiente deve ser ruidoso, o aparelho auditivo deve ter um microfone direcional ultra-mega-power sofisticado  (e cá entre nós somente os aparelhos auditivos top de linha tem isso) e quem fala deve estar na frente do usuário a menos de 1 metro de distância. Bastante coisa.. então fica a mensagem ouvido normal é melhor que ouvido com aparelho auditivo. Sempre brinco com as palavras: aparelho auditivo é uma prótese e o próprio nome já diz tudo “PRÓTESE” e não é um ouvido biônico.
  • Pessoas normais olham para a boca do outro quando conversam – sim! Isso é normal e ajuda muito! Faça o teste vc mesmo. Comece a conversar com alguém que tenha audição normal e de repente (disfarçadamente) fique numa posição que a sua boca fique encoberta – atrás de um vaso por exemplo. Vc vai se divertir vendo a cara da outra pessoa tentando desviar do obstáculo para enxergar sua boca.   🙂
  • Quando estamos cansados ou doentes nosso entendimento piora – essa é uma grande verdade!

Mas vamos ao que interessa…seguem  algumas dicas:

1. Solicite a atenção do usuário de aparelho auditivo – Antes de começar a falar chame o usuário pelo nome ou até mesmo toque nele para chamar a atenção para você. Esse gesto simples já prepara a atenção do usuário para a conversa. Ele vai entender que precisa prestar a atenção em vc e não vai perder o início da conversa.

2. Mantenha o contato visual –  Olhe para o usuário e utilize sua expressão facial. Isso vai ajudar no contexto…vai dar pistas se o que vc está falando é bom, ruim , sério, triste, etc…

3. Não cubra seu rosto – Quando vc estiver falando mantenha suas mãos longe do rosto. E se vc for fumante, nunca fale com o cigarro na boca ou chicletes, isso atrapalha a produção da fala alterando a nitidez. Presença de bigode pode dificultar a nitidez da fala também.Vale a pena dizer que quanto mais iluminado o lugar que vc estiver, melhor é claro ( mais pistas ficarão disponíveis)! Agora você percebeu o quanto é difícil falar da sala e querer que o usuário te entenda estando num outro cômodo da casa?

4. Fale claro e na intensidade normal – Por favor não grite! Isso só atrapalha pois distorce as palavras. Não fale nem muito rápido, nem muito devagar – fale normalmente, no ritmo normal e de frente! O segredo é falar com pausas para dar tempo para que a outra pessoa processe a informação.

5. Não repita a frase se o usuário de aparelho auditivo não entendeu – Reformule a frase, ou seja, fale de outra maneira. Vai ficar mais fácil para ele entender pois vai pegar algumas pistas da primeira frase e juntar com a segunda frase reformulada.

6. Fuja do barulho – Tente sempre conversar num local mais silencioso. Desligue o rádio, tv, tudo que estiver competindo com a sua fala. Quando for a um restaurante ou festa, procure ficar distante da área de som, cozinha e bar pois esses ruídos podem atrapalhar. Afinal você não sabe qual a tecnologia do aparelho auditivo do interlocutor e o redutor de ruído pode não ser muito bom ou estar bem regulado…

7. Pergunte para o usuário se ele tem preferência de lado para você falar – Muitas vezes o paciente tem um ouvido que escuta melhor e prefere que o interlocutor fique daquele lado.

8. Não mude de assunto de repente – Se vc precisa mudar de assunto, faça uma pausa e use uma introdução do tipo… ” Mudando de assunto, blablabla…”. Isso vai garantir que ninguém fique boiando…

Espero que essas dicas sejam bem úteis!

Boa semana à todos!   🙂

 

Por Mirella Horiuti

Para www.naoescuto.com

 

6 comentários

      1. Olá Myrtes, tudo bem? Essa dificuldade pode ser causada por várias coisas… regulagem, posicionamento, tecnologia do aparelho, etc. Minha sugestão é vc procurar atendimento no local onde adquiriu para que um fonoaudiólogo possa lhe ajudar a melhorar o uso do telefone. Espero ter ajudado.

  1. “Utilizadores de apar. auditivos”, dopo,”usuários de apar. audivos”. Foi na segunda opção que te achei. E era o terceiro resultado. Detalhe, compatível com smartphone Sou usuário recente de A.A.. Ainda não vou dizer: Aí que legal teu site, blog,muita calma nessa hora. Mas sinceramente acho que é botimo. Abraço querida!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *