Como melhorar o entendimento numa reunião de trabalho

conversa2conversa2

Navegando por aí achei essas informações  no site da The Canadian Hearing Society que resolvi traduzir, adaptar um pouco ( com meus pitacos, é claro) e compartilhar. São dicas bem interessantes:

PARA QUEM TEM DIFICULDADE AUDITIVA:

  • A pessoa com dificuldade auditiva deve escolher o melhor posicionamento com o objetivo de sempre enxergar os falantes e ficar mais próximo daqueles que tem voz mais difícil de entender.

PARA QUEM PREPARA E FAZ A REUNIÃO

  • A sala deve estar bem iluminada para facilitar a leitura labial.
  • Evite iluminação vinda de trás,  de janelas  ou artificiais, na qual a pessoa que fala está na frente. A luz ofuscará a visão dos participantes.
  • A disposição das pessoas na mesa em U ou circular é o melhor para comunicação.
  • Programe intervalos frequentes para tentar aliviar a fadiga visual por conta do uso da leitura labial.
  • Use acessórios como microfones e até fones de ouvido para a pessoa com dificuldade auditiva.
  • Informe os participantes para que evitem sons como bater os dedos ou a caneta na mesa, isso pode atrapalhar que não escuta bem.
  • Fale claramente e numa velocidade moderada.
  • Não fique andando de um lado para o outro enquanto fala.
  • Fale olhando para a audiência, não vire as costas para o quadro negro ou apresentação e fale ao mesmo tempo.
  • Organize a reunião para que uma pessoa fale de cada vez. Uma lista com os nomes é interessante. Sempre chame a pessoa para falar ( dando a palavra) e peça que ela se levante para chamar a atenção dos outros.
  • Repita as perguntas antes de responder. Isso ajudará bastante a pessoa com dificuldade.
  • Aponte para a pessoa que está falando e peça para os outros levantarem as mãos no caso de outras perguntas. Vc vai acabar com as conversas de ladinho… 🙂
  • Fique atento se a pessoa com dificuldade auditiva quer contribuir com qualquer comentário.
  • Entregue a agenda com os tópicos da reunião para os participantes antes do início. Isso evita a “boiada” na mudança de assunto.
  • Sempre anuncie a mudança de assunto.
  • Utilize ajuda visual, demonstrações, flip charts e materiais escritos.
  • Use fontes grandes de letras nas apresentações.
  • Todos os vídeos devem ter legendas.
  • Alguns equipamentos  de audio-visual como projetores de mídia podem ser ruidosos. Desligue sempre que não estiver em uso. Isso vale para ar condicionado e ventiladores.
  • Dê tempo para anotações para que as pessoas não fiquem desesperadas…
  • Ao final de cada assunto, faça um resumo e contato visual com cada participante garantindo o entendimento.

 

Boa semana a todos!  🙂

um abraço,

Mirella

Por: Mirella Horiuti

Para: www.naoescuto.com

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *