Afinal, a quantidade de canais do meu aparelho auditivo tem alguma importância?

BalloonBorder

A primeira vez que escrevi sobre isso foi em 2014. De lá para cá muuuuuita coisa mudou. Por isso resolvi revisar meu antigo post “Qual a quantidade de canais que preciso no meu aparelho auditivo?”. Na época fiz uma analogia com balões…

O que aconteceu nesse tempo que se passou? Bom…. para resumir eu diria:

1. Que aprendi muito com cada paciente que atendi. Logo, com quase 7 anos a mais de bagagem, posso dizer que adquiri mais experiência com aparelhos com muito mais canais. E consegui ver na prática que com o passar do tempo os aparelhos ficaram mais inteligentes.

2. A tecnologia melhorou. Basicamente todos aqueles recursos (redutor de ruído, destaque de fala, etc.) que antes funcionavam de maneira padrão, passaram a funcionar em cada canal separadamente. E o que isso significa? Simples assim: melhora de qualidade sonora e nitidez dos sons. Na prática percebemos que isso ajuda o paciente a entender melhor.

Hoje, acredito (SIM!!!!!) que um aparelho auditivo com mais canais possa ser melhor para todos os pacientes. Pois não estamos só falando de quantidade de som amplificado em cada canal e sim de recursos que vão atuar para melhorar a nitidez dos sons de fala e reduzir o esforço auditivo que os pacientes fazem para poder entender uma conversa.

Mas uma coisa continua IGUALZINHA: Sou do time que gosta de testar para ter evidências para decidir JUNTO com o paciente qual a melhor opção.

A mensagem que gostaria de deixar aqui é a seguinte: TESTE várias tecnologias, coloque tudo na balança e tome uma decisão baseada em critérios.

2020 passou para todos nós …. “aos trancos e barrancos” como dizia minha avó mas, estamos aqui… e é isso que importa! 🙂

2021 será um ano de mais desafios e realmente espero conseguir escrever um pouco mais aqui no Blog pois é uma atividade que me deixa muito feliz. É sensacional poder ajudar os outros 🙂 Como estou cursando meu doutorado e na reta final… talvez não esteja tão presente como gostaria. Aproveito para convidar quem tiver interesse em participar da minha pesquisa que estuda o esforço auditivo em pacientes com audição normal e zumbido para entrar em contato: mirella.horiuti@usp.br Será uma honra 😉

Boa semana a todos!  🙂

Por: Mirella Horiuti

Para: www.naoescuto.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *